Hello Friend #7

 

ESSE CAST CONTÉM SPOILERS DE MR. ROBOT.

Olá amigo ouvinte do Vila! No programa dessa semana, Hilario, Rafael, Deivid, e os convidados Inn Moura e Renato Rodrigues entram na paranóia da fsociety pra uma análise aprofundada do Oitavo Episódio da Segunda Temporada de Mr. Robot.

Mobley vai ceder e acabar entregando a fsociety? Darlene tinha intensão de fazer o que fez? E, mais uma vez, qual o objetivo da Angela, afinal?

Certifique-se de não ter deixado rastros e junte-se a nós nesse embate sem volta contra o FBI, em mais um ótimo episódio de Mr. Robot.


Feedbacks, xingamentos e elogios: portaria@vilacast.com.br


Assine separadamente a Portaria 
http://vilacast.com.br/index.php/category/portaria/feed/


Redes Sociais


Grupo e canal do Telegram:


Links comentados:

Teste de Benchmark enviado pela Trenton para o Mobley

Análise do Documentário Citzenfour

Acesso ao celular do Mobley

Vídeo da FSociety sobre o FBI e a privacidade

Playlist do Hello Friend No Spotify

 

  • César

    Ótimo cast como sempre! Nunca comentei antes, mas curto muito o Hello Friend, sempre bom ter um insight diferente sobre o episódio! (e a série proporciona muito essa troca de percepções, pra mim um episódio não está completo sem uma ida ao /r/MrRobot!)

    Sobre a Darlene: eu acredito que estava tudo premeditado sim, desde quando eles se instalaram na Smart House, o discurso raivoso sobre a "Madame Executora" que ela dá na sacada lá no primeiro episódio, a forma como ela para pra olhar a fotografia da advogada, etc…Mas, dá pra argumentar que ela só queria um frente-a-frente com a Jacobs e não imaginaria que chegaria ao ponto de matá-la, como ela mesmo comenta. Mas acho que não teve vacilo nenhum, a Darlene que não cuidou do GPS, que não trocou as senhas da casa, que não vigiou as câmeras (sempre lembrando que cabia a ela, pois estava no papel de "sucessora")… tudo deliberadamente mesmo.

    Sobre o fato da FBI não ter se prevenido de um vazamento: a Dom sabia que quem tinha sido hackeado era a ECorp, eles estavam no prédio da empresa. O que pode ter contribuído é que ela tava "cagando" pra investigar mais, frustrada por não ter pego a Angela, daí não foi atrás do femtocell pra fazer uma ligação de como poderia ter comprometido os celulares do FBI.

    Sobre a linha temporal do episódio: Esse episódio se passa no mesmo tempo que o Elliot está desmascarando o Ray, durante o feriado da independência americana e tudo mais. No episódio anterior, tem uma hora que dá um salto de uma semana (as cicatrizes do Elliot somem e tal e o próprio personagem fala disso), a maior prova é a frustrada reunião da Angela com a Diretoria de Gestão de Riscos, quando eles se dão conta que a Susan Jacobs não viria e já teria mandado uma mensagem de sua ausência (a falsa mensagem da Darlene), pois ali ela já está morta!

    Sobre o chinês: Disseram por aí que a Darlene saberia sim ler em chinês, ou alguma coisa, pois tem um episódio da temporada passada que ela marca uma reunião com a Dark Army (a trenton vai com ela e tal) e ela manda uma mensagem em chinês (não lembro disso, só revendo mesmo!).

    Só lembrando que muitas das informações aqui eu vejo por aí, não tenho muita perspicácia na hora do episódio não! KKKK (Mas eu vi o email da Susan falando do marcapasso e o destaque que a câmera dá, aí pensei que terei uma ligação e acertei! Muito orgulho!)

    Valeu!

    • Rafael

      Primeiramente, muito obrigado pelo elogio ao Hello Friend, ficamos bastante feliz que você esteja curtindo =D. Como você falou, é muito bom ouvir as opiniões do pessoal sobre o episódio, porque cada um pode colocar algo que o outro não tenha percebido.

      Sobre a Darlene, ela deveria mesmo ter tido mais cuidado em monitorar a casa da Advogada, acabou focando no plano deles e esqueceu onde ela estava… Também acabei nem ligando o nome do episódio ao papel dela como sucessora. Muito bem observado por você.

      Sobre a linha temporal do episódio, eu confesso também que, ao assistir o episódio, eu não tinha reparado que aquilo estava acontecendo simultaneamente com o que Elliot estava fazendo e também não cheguei a ligar esse ponto sobre o porquê da Susan não ter ido à reunião da Angela.

      Isso da Darlene e dela saber chinês eu realmente não estou lembro se foi desse jeito que você falou, irei tentar rever o episódio e ver novamente essa parte.

      Por último, agradeço mais uma vez pelo seu feedback. Isso nos faz ainda mais nos dedicarmos à esse projeto. Espero que você possa continuar nos ouvindo nos próximos casts =D.

      • RODRIGO RHR

        Na vdd, acho q ele quiz dizer q a Darlene planejo tudo, desde a escolha do local, nao sendo vacilo e sim tudo parte do plano dela. A Darlene precisava que a Susan pegasse eles na casa para que assim ninguem ficasse contra ela na conclussao do seu plano, sendo mais facil "aceitar" que eles tinham que se livrar da advogada porque estavam comprometidos.

      • César

        Foi como o Rodrigo colocou ali embaixo, eu quis dizer que a Darlene planejou tudo pra ficar frente a frente com a advogada. A única forma mesmo era não ter vigiado nada e esperado a Jacobs aparecer e foi o que ela fez.

        A cruzada da Darlene contra a ECorp é mais de vingança pessoal do que a do irmão. Se o Elliot estivesse ali, aquele cenário absurdo não teria acontecido. Aliás, eu acho que ele sabe dos ímpetos da irmã, ele chega a alertar ela naquele encontro na "casa da mãe", bom rever essa cena…