Cantinho #04 – Amor e Sexo

 

Olá moradores dessa Vila linda. Hoje nesse Cantinho eu, Berê Chiavegatto, Porteiro, Vivi e Ailton vamos falar de um tema super polêmico: Amor & Sexo. Amor sem Sexo existe? E Sexo sem Amor? Escute nossas histórias de relacionamento e veja como tentamos ajudar nossa querida Lady Killer! Venham ouvir e se deliciar.

Feedbacks, xingamentos e elogios calientes: abraseucoracao@vilacast.com.br


Assine separadamente o Cantinho

http://vilacast.com.br/index.php/category/cantinho/feed/


Redes Sociais


Grupo e canal do Telegram:

  • Primeiramente gostaria de parabeniza-los a respeito da temática do Podcast, gosto muito desse tipo de assunto e não é sempre que encontro materiais no formato Podcast.Essa é a primeira vez que os ouço e achei o debate extremamente sadio e agregador.Adorei ouvir suas experiências e me identifiquei com diversas situações pois expostas até por ter também alguns anos de casado como alguns participantes. Sobre o assunto Amor & Sexo, entendo que ambos podem sim existir separadamente e serem até mesmo melhores separados do que juntos, mas o ideal é a combinação dos 2, acho que sobre esse assunto o que é mais tabu é o Sexo em si, pois sexo envolve prazer e prazer é algo totalmente subjetivo, sendo que é possível conviver com alguém que te dê prazer, mas que eventualmente não atenda a todas as suas taras, o que nos remete a tabus. Sou feliz em meu casamento, amo minha esposa e tenho prazer com ela, porém há situações que sempre quis experimentar e ela não pôde me satisfazer plenamente por travas morais que ela possui, o que de certa forma deixa um "Q" de frustração.Gostaria se possível de saber a opinião de vocês sobre isso.Já estive um período separado de minha esposa e cheguei a conclusão de que quero estar com ela até o fim de minha vida mas que carregarei comigo pequenas frustrações…mas enfim a vida é assim…almejamos a plenitude, mas nem sempre ela é viável.Abraços.

    • Ederson querido,
      Muito obrigada pelo comentário. Sim, esse assunto é muito rico e cheio de tabus. Nem de longe foi nossa ideia esgotar o assunto em um programa. Gostei muito da ideia de tabus e taras e já está na lista para futuras pautas.
      Fique firme com a esposa que com jeito e paciência as coisas chagam no lugar.
      E continue nos ouvindo, comentando e divulgando o cast.
      Beijos!!

    • Fala ai Ederson, blz? Primeiro fico muito feliz de você comentar aqui no site e dividir sua experiencia com a gente, muito obrigado mesmo!!

      Agora vamos ao ponto, como falei no cast tenho mais de 10 anos de casado, e sou muito feliz com minha esposa também… Vou te contar sobre minha experiencia com isso, falei um pouco no cast, mas vou tentar me aprofundar um pouco mais… Conforme a intimidade vai aumentando as fechaduras para quebra desses tabus vão se destrancando, pense assim… Os Tabus são fechaduras de uma porta, eu e minha esposa começamos a falar, estudar, conversar sobre cada fechadura que a porta tinha, para entender como abrir… Primeira fechadura conversamos muito, falamos sobre o assunto, entendemos o que isso podia trazer de bom e tals, conseguimos destrancar… uhuuuu!! Nos sentimos muito felizes e ja partimos para a próxima fechadura, poxa essa era mais complicada, dificil de ser aberta, mas como a primeira trouxe mais intimidade, amor e confiança insistimos para abrir essa segunda…. Quando conseguimos, sentimos que nosso relacionamento tinha amadurecido com a experiencia que adquirimos ao tentar abrir essa segunda fechadura… O objetivo é abrir a porta, mas essa porta é diferente da sua porta, cada um tem uma porta com uma quantidade diferente de fechaduras, a nossa porta ja esta quase aberta e estamos ainda aprendendo como abrir a próxima fechadura… Falei tudo isso para te mostrar que para você quebrar um tabu e mostrar para sua esposa que aquilo é legal ou que vai trazer beneficio, você precisa trazer ela para perto e aprender junto com ela, mostrar junto com ela, essa descoberta junto amadurece o relacionamento, torna ele forte em seus pilares…. Então meu amigo é isso que tenho para te passar, um pouco do que eu vivi e vivo, espero ter ajudado em algo, se precisar estamos sempre por aqui, é só chamar, chama no face, no twitter, no email você que manda, estamos disponíveis. posso não ser especialista, mas acredito que compartilhado experiencias conseguimos crescer juntos… Um mega abraço do Porteiro <3

  • Samuel

    Olá pessoa do Cantinho.
    Estava querendo escrever há um tempo e nesse programa vocês acabaram tocando no assunto e achei muito bom, sobre a tal amizade colorida.
    Eu acredito sim que pode acontecer, mas realmente acho meio difícil. Estive em dois relacionamentos próximos um ao outro, e quando terminei o segundo, vi que não era muito a minha praia namorar, porém pra muitas pessoas é 8 ou 80, namoro ou fast-foda, porém não queria sair por aí fazendo sexo com qualquer um. E foi recentemente que encontrei em um cenário mais improvável, comecei a conversar com um carinha que está em um relacionamento aberto, bem resolvidos aliás, e foi ótimo, temos conversas bem bacanas, mas sem envolvimento emocional, e tive um dos melhores sexos da minha vida, pois além de ter sido muito bom, saí sem culpa, pois não estava fazendo um cara qualquer, e saí tmb sem a conscicencia pesada de estar iludindo alguém com um provável relacionamento que dificilmente iria acontecer. O risco sempre tem de um dos lados se apaixonar, mas nos resta ter maturidade, e caso aconteça, sair de uma forma onde ninguém se sinta prejudicado.
    No mais, foi um ótimo cast, ansioso pelo próximo!

    • Oi Samuel!
      Primeiramente, obrigada pelo comentário. Venha sempre!!
      O ideal é esse mesmo, encontrar alguém(ens) na mesma sintonia que a gente. Sendo combinado antes, todo mundo fica feliz.
      E adorei o fast-foda, vou usar para vida!!
      Beijos e obrigada